Notícias
Imagem de mulher com a mão no ombro | Queloide: saiba como tratar e prevenir

Queloide: saiba como tratar e prevenir

O queloide é uma cicatrização anormal, de formato volumoso e cor avermelhada. Geralmente, surge após grandes traumas, como marcas de acne, vacinas, tatuagem ou após algumas cirurgias plásticas. Antigamente, tratar queloide era mais difícil, mas hoje há avanços médicos que auxiliam no processo. Se você quer saber quais tratamentos de como tratar queloide e como preveni-lo é só continuar lendo este texto.

Como o quelóide se forma?

O queloide é uma resposta irregular da pele no processo de cicatrização. É formada por um excesso de tecido cicatricial e pode causar prurido ou dor. A cicatriz anormal pode surgir em diferentes partes do corpo, porém são mais comuns em membros superiores, ombros e costas.

Tem riscos de queloide após a cirurgia plástica?

Como dito anteriormente, o queloide é um crescimento anormal da cicatriz. Em razão da cirurgia plástica necessita de cortes, há sempre riscos. Mas no geral, há cuidados com a pele que podem ajudar a evitar essa má formação. Confira no próximo tópico como evitar o queloide.

Tem como evitar o queloide?

Sim. Com o auxílio de dermocosméticos que aceleram o processo da formação da cicatrização. Entretanto, não há realmente uma garantia que ela não se forme e nem saber se uma pessoa vai ter ou não a cicatriz anômala.

Como tratar o queloide?

O tratamento para queloide é variado e depende do tamanho da área afetada. Alguns casos em que a cicatriz é menor, o tratamento inicial é feito com corticoides, que inibirão o seu crescimento. Abaixo, veja os tratamentos mais indicados.

Tratamento a laser

O tratamento a laser é uma ótima alternativa para nivelar o queloide e o restante da pele, deixando-o imperceptível. Além de deixar a marca mais discreta, o laser ajuda a deixar a cor mais adequada a da pele. Entretanto, este é um tratamento auxiliar e necessita de outras técnicas como injeções de corticoides ou compressão para ser mais eficaz.?

Crioterapia

Outra forma de tratar queloide é o procedimento que usa nitrogênio líquido para congelar a cicatriz de dentro para fora. É mais efetivo em cicatrizes pequenas, ajudando a reduzir a firmeza e tamanho das lesões.

Radiação

A radiação é usada de duas formas: Isoladamente, para diminuir o tamanho do queloide; ou para evitar que o queloide se forme novamente após a remoção cirúrgica.

Remoção cirúrgica

Quando a lesão é muito grande, a remoção cirúrgica é a opção mais viável. Mas é necessário cuidados para que ela não volte a crescer.

Gostou de saber mais sobre queloides e como prevenir e evitá-las? Acesse outras notícias aqui no site da Dra. Beatriz Medina, cirurgiã plástica em Niterói e Rio de Janeiro. Caso tenha restado alguma dúvida, entre em contato, vamos tirar suas dúvidas.

Deixe um comentário!

0 Comentários

Comente

WhatsApp