Notícias
Lifting facial: saiba tudo sobre a ritidoplastia

Lifting facial: saiba tudo sobre a ritidoplastia

A ritidoplastia, também conhecida como lifting facial ou ritidectomia, é uma cirurgia plástica estética que tem a finalidade de combater as rugas da região facial e do pescoço, atenuando também linhas de expressão, rugas e rejuvenescendo o rosto. Trata-se de um procedimento bastante procurado nos consultórios de cirurgiões plásticos, e não poderia ser diferente com a Dr.ª Beatriz Medina.

Com a difusão do acesso à informação na área médica, as pessoas se interessam cada vez mais pelo universo das cirurgias plásticas, que deixaram de ser um mundo distante para muitas(os). Diante de um amplo universos de procedimentos, que atingem as mais diversas regiões do corpo humano, os pacientes têm uma série de opções à sua escolha, tendo em vistas as suas particularidades e quais intervenções poderiam elevar o seu bem-estar e a sua autoestima.

Não esqueça de sempre prevenir as rugas

A ritidoplastia, então, trata o envelhecimento da pele, cujo processo natural traz consigo o surgimento das indesejadas rugas. Cada vez mais, as pessoas tomam ao longo da vida diversas precauções para retardar o envelhecimento, seja com uma alimentação balanceada, com a permanente hidratação da pele ou, até mesmo, com tratamentos e outros procedimentos estéticos não invasivos. Porém, se a chegada das rugas atrapalhar muito o seu bem-estar, você pode optar, em parceria com o seu médico cirurgião plástico, por um procedimento cirúrgico que as combata de modo mais direto e incisivo.

Evitar o tabagismo e o consumo excessivo de bebidas alcoólicas também são ótimas pedidas para prevenir o surgimento das rugas, pois esses vícios afetam diretamente a oxigenação do sangue e, consequentemente, de todos os órgãos. Por isso, pessoas com esses hábitos possuem maior propensão para o surgimento de manchas na pele e de rugas. Outros fatores de risco são a exposição solar (deve ser usado constantemente protetor solar), poluição excessiva, ingestão insuficiente de água etc. Mesmo que você ainda seja bastante jovem, preocupe-se sempre em prevenir as rugas!

Mas afinal… O que são as rugas?

As rugas são linhas marcadas e dobras que surgem em decorrência da própria expressão facial e dos movimentos de contração e descontração da musculatura ao longo dos anos. Com o passar do tempo, há a quebra de fibras profundas da pele, principalmente das fibras de colágeno, mas também de elastina, além da redução do ácido hialurônico no organismo. O colágeno é a proteína mais abundante do corpo humano e é responsável pela firmeza e elasticidade da pele.

Feita essa introdução, vamos tratar propriamente do procedimento que é tema do nosso blog. Aliás… dos procedimentos, afinal também há o chamado minilifting facial, que é uma versão mais simples do procedimento.

O que é o lifting facial e quando é indicado?

Na língua inglesa, o verbo to lift, em tradução literal e conforme é largamente usado, significa “levantar, suspender, erguer, elevar algo”. Não à toa é uma palavra largamente utilizada no meio das cirurgias plásticas, como é bastante famoso no caso do lifting de mama, cujo nome mais técnico é a mastopexia. Desta forma, o lifting facial reposiciona as estruturas do rosto de modo a conferir maior harmonia aos contornos faciais do paciente. Em caso de flacidez da pele, também pode ser realizada a retirada do excesso de pele durante a cirurgia de ritidoplastia. Nestes casos, é bastante comum que ocorra em pacientes cujas rugas surgiram ou se acentuaram com a perda de gordura na região.

Além dos casos de rugas no rosto e pescoço, a ritidoplastia também é indicada para pacientes que pretendem combater olheiras, papada e correção de linhas de expressão em geral, especialmente junto ao nariz. Por meio do procedimento, o médico realiza uma verdadeira escultura do rosto do paciente e reposiciona os tecidos. Além disso, recupera-se também a tonicidade do queixo e do pescoço.

Minilifting facial

Por sua vez, o minilifting facial, como o próprio nome já sugere, é um procedimento mais simples que a ritidoplastia, tendo um conceito parecido. O procedimento é indicado para casos menos complexos, que não precisam de intervenções tão profundas. Uma diferença importante é que o minilifting não atua na região do pescoço, atuando apenas na região da face.

Portanto, é uma ótima pedida para casos mais moderados e leves, conforme for diagnosticado pelo seu médico, que irá avaliar detidamente o seu caso para encontrar a melhor solução. O minilifting facial é bastante utilizado, por exemplo, para o tratamento de bochechas caídas e para recuperar o aspecto das maçãs do rosto.

Marque uma consulta e melhore sua autoestima!

Quer saber como estes procedimentos podem te ajudar a recuperar o seu bem-estar? A Dr.ª Beatriz Medina, cirurgiã plástica no Rio de Janeiro possui ampla experiência na realização das cirurgias de lifting e minilifting facial e atende em seus consultórios, localizados na Barra da Tijuca e em Niterói. Marque uma consulta! A Dr.ª e sua equipe estão à disposição para estudar detalhadamente o seu caso, ouvir os seus anseios e chegar a uma ótima solução para a melhora da sua qualidade de vida. Entre em contato!

Deixe um comentário!

0 Comentários

Comente

WhatsApp