Notícias
Mulher realiza procedimento estético | Microagulhamento para rejunevescimento facial

Microagulhamento para rejunevescimento facial: como é feito?

O microagulhamento para rejuvenescimento facial é um dos tratamentos mais pedidos em consultórios e clínicas de estética. A técnica promete amenizar linhas de expressão, rugas, cicatrizes e até estrias. Conheça melhor o tratamento e seus benefícios.

O que é microagulhamento?

O microagulhamento para rejuvenescimento é um tratamento estético que pode ser feito tanto no corpo quanto no rosto, com o objetivo de estimular as células produtoras de colágeno por meio de microfurinhos provocados pelo aparelho, chamado dermoroller.

Quem pode fazer o microagulhamento?

A técnica do microagulhamento para rejuvenescimento facial é indicada para pessoas que desejam tratar cicatrizes de acne, flacidez, linhas de expressão e rugas.

Como é feito o microagulhamento?

O microagulhamento – ou a indução percutânea de colágeno (IPCA), como também é conhecido – deve ser feito por um profissional capacitado para que não haja riscos à saúde. O procedimento começa com uma limpeza na pele e com o uso de um anestésico tópico para garantir maior conforto ao paciente. Feito isso, será escolhida a agulha do roller, que levará em consideração o tratamento proposto e o objetivo do paciente. A fricção do aparelho em contato com a pele causará microperfurações, facilitando a permeação de ativos que serão aplicados.

Dependendo do problema a ser tratado, agulhas de tamanhos diferentes podem ser usadas. Por exemplo, as agulhas menores são indicadas para lesões superficiais, já as agulhas mais longas oferecem melhor resultado em lesões profundas.

Como fica a pele após o microagulhamento?

Logo após o procedimento, é comum a pele ficar inchada, sensibilizada e vermelha, porém esses efeitos colaterais dependerão da intensidade na aplicação do dermoroller.

Não é recomendado usar protetor solar nas primeiras 24 horas após o procedimento, mas depois disso, seu uso é imprescindível, bem como o uso de outros produtos e maquiagens. Durante o tratamento é indicado evitar a exposição solar em praias, piscinas ou locais ao ar livre.

Quais as recomendações após o microagulhamento?

É recomendável seguir as instruções do médico, pois ele irá indicar quais cuidados devem ser tomados. Na maior parte dos casos, eles são:

  • Aplicar compressas geladas no local por 15 minutos, a cada 4 ou 5 horas;
  • Evitar o consumo de bebidas alcoólicas por 24 horas;
  • Após a formação de casquinhas, evitar arrancá-las, deixando-as soltar naturalmente;
  • Evitar aplicar ácidos ou outros produtos no local nas 48 horas pós-procedimento;
  • Utilizar os produtos indicados pelo profissional;
  • Comparecer aos retornos e consultas para avaliação;
  • Manter uma alimentação balanceada, com o consumo de proteínas que auxiliem na produção de colágeno;
  • Ingerir bastante líquido para manter o corpo hidratado, o que melhora significativamente a aparência e aspecto da pele.

Quantas sessões de microagulhamento são necessárias?

A quantidade de sessões varia de acordo com o tipo de lesão que está sendo tratada. Em casos mais graves, podem ser recomendadas de 3 a 5 sessões. Mas, na grande maioria dos casos, 3 sessões são suficientes. Os resultados podem ser vistos logo nas primeiras aplicações. A pele começa a apresentar uma melhor textura e luminosidade.

Qual profissional pode fazer o microagulhamento?

O microagulhamento para rejuvenescimento da pele deve ser feito por dermatologistas ou cirurgiões plásticos especializados. Procure um profissional de confiança!

Quais os benefícios do microagulhamento?

Como falamos anteriormente, o microagulhamento promove a produção de colágeno das áreas aplicadas e, consequentemente, ajuda a rejuvenescer o tecido. Dentre os diversos benefícios, os principais são:

  • Minimiza marcas de cicatrizes, acnes e estrias;
  • Combate as rugas e marcas de expressão;
  • Tem rápida recuperação;
  • Não requer repouso;
  • Oferece resultados visíveis após a primeira sessão.

Quais as contraindicações do microagulhamento?

O microagulhamento para rejuvenescimento da pele é um procedimento muito bem recebido por todos os tipos de pele, porém, está contraindicado em alguns casos, como câncer de pele, ceratose solar, rosácea, diabetes não controlada e paciente em tratamento com quimioterapia ou radioterapia.

É imprescindível realizar uma consulta prévia com o especialista que irá analisar seu caso e recomendar o tratamento.

O microagulhamento dói?

A dor é relativa e depende da sensibilidade de casa indivíduo. Antes de iniciar o tratamento, aplica-se um anestésico tópico com a finalidade de amenizar a dor e desconforto.

Grávidas podem realizar o microagulhamento?

Não existe uma regra que determine que grávidas não possam realizar o procedimento, portanto, o indicado é que a gestante converse com o médico, tire as dúvidas e ouça a opinião e recomendação do especialista.

Onde fazer o microagulhamento no Rio de Janeiro?

A Dra. Beatriz Medina realiza cirurgia plástica no Rio de Janeiro e, em conjunto com fisioterapeutas e enfermeiras, a profissional também oferece procedimentos estéticos como o microagulhamento para rejuvenescimento da pele em seus consultórios na Barra da Tijuca e em Niterói. Agende uma consulta.

Deixe um comentário!

0 Comentários

Comente