Notícias
Mastopexia

Mastopexia | Saiba mais sobre o procedimento

A mastopexia é uma cirurgia corretora das mamas. Essa técnica repara a flacidez dos seios e faz com que eles fiquem rígidos e empinados. O resultado, na maioria dos casos, é bastante satisfatório, devolvendo a autoestima e o amor-próprio para muitas mulheres.

O que é mastopexia?

As ações do tempo e da gravidade influenciam no corpo como um todo, e é normal haver uma leve queda das mamas. A gravidez é um dos fatores que ajudam a acelerar esse processo, fazendo com que as mamas se tornem flácidas e seu volume diminua. Mulheres acima de 30 anos, muitas vezes, já começam a sentir os sintomas e buscam pelo procedimento.

A mastopexia ou lifting de mamas reposiciona a aréola e o tecido mamário, removendo o excesso de pele. O objetivo principal do procedimento é reverter o caimento natural dos seios, chamado de ptose mamária, garantindo a simetria. A cirurgia não faz com que as mamas se tornem volumosas ou diminuam de tamanho. Caso a paciente deseje seios fartos, deve combinar a mastopexia com o implante de silicone. Já se prefere diminuir o tamanho dos seios, deve considerar a cirurgia de redução.

Quem pode fazer a mastopexia?

A mastopexia é indicada para todas as mulheres que apresentam flacidez nas mamas, seja em função do envelhecimento, gravidez, variação de peso (”efeito sanfona”) ou amamentação.

Como é feita a mastopexia?

A paciente deverá chegar em jejum de 8 horas para realizar a cirurgia. Após receber a anestesia, que pode ser geral ou local, o cirurgião fará as marcações para então começar o procedimento. Geralmente as incisões são realizadas ao redor da região dos mamilos, podendo estender-se em uma linha vertical, formando um T invertido. O tipo da cicatriz dependerá da quantidade de pele que será retirada.

Agende uma consulte com a Dra. Beatriz, que realiza cirurgia plástica no Rio de Janeiro e tire todas as suas dúvidas sobre o procedimento.

Deixe um comentário!

0 Comentários

Comente