Notícias
Pessoa vestindo calça larga | Como funciona a cirurgia pós-bariátrica

Como funciona a cirurgia pós-bariátrica

A cirurgia pós-bariátrica é indicada para pacientes que passaram por uma cirurgia baríatrica e que precisam retirar o excesso de pele que restou após a perda de peso. O procedimento é capaz de reparar a pele flácida e devolver a autoestima ao indivíduo.

O que é cirurgia bariátrica?

A cirurgia bariátrica é um procedimento de redução do tamanho do estômago, indicada para pessoas em um nível alto de obesidade e que não conseguem emagrecer com uma rotina de exercícios físicos e alimentação equilibrada.

Quem pode fazer a cirurgia pós-bariátrica?

A cirurgia pós-bariátricaestá indicada quando o paciente que realizou a cirurgia bariátrica apresenta muita pele e flacidez e necessita de reparos. Em alguns casos, esse paciente pode apresentar problemas mais graves devido ao excesso de pele, como dermatite, assaduras, dificuldade de locomoção e movimentação, desequilíbrio, além da baixa autoestima.

Quais tipos de cirurgias pós-bariátricas existem?

Existem diversas técnicas, que podem ser realizadas separadamente ou em conjunto que retiram a gordura e o excesso de pele, devolvendo o desenho corporal ao paciente. Entre as principais técnicas, estão:

Abdominoplastia

É uma cirurgia plástica que retira o excesso de pele do abdômen causado pelo emagrecimento rápido, chamado de barriga de avental. A cirurgia é feita por meio de uma incisão na parte inferior do abdômen, que geralmente vai de uma ponta a outra. A cicatriz é proporcional ao excesso de pele, ou seja, quanto mais flacidez retirada, maior será o tamanho da cicatriz. O cirurgião remove a pele em excesso e faz a junção dos músculos abdominais, que ajudam a afinar a cintura. A técnica pode ser feita em conjunto com a lipoaspiração.

Lipoaspiração

Durante a lipoaspiração, o cirurgião introduz uma cânula na pele, que chega ao tecido adiposo de onde aspira, por um sistema de vácuo, a gordura localizada. Depois da aspiração, as incisões são suturadas. O paciente que opta por este método deve se recuperar seguindo uma alimentação equilibrada e utilizando malha compressora para modelar o corpo. É possível tirar, no máximo, de 3% a 7% do peso total para não comprometer a saúde do indivíduo.

Mamoplastia

Após uma perda abrupta de peso, é comum que as mulheres percebam a queda dos seios, e a mamoplastia conhecida como mastopexia, pode ajudar nesta questão. Este procedimento reposiciona o tecido mamário, corrigindo a flacidez, deixando os seios mais firmes e empinados. E, para as mulheres que desejam aumentar o volume, podem realizar em conjunto o implante de prótese de silicone.

Lifting de braços e coxas

Os membros inferiores e superiores, como coxas e braços, também apresentam flacidez quando há uma perda de peso grande. Por isso, é recomendado que se faça a cirurgia de lifting nessas regiões, removendo o excesso de pele. Muitas pessoas sentem dificuldade em realizar tarefas simples do dia a dia por conta desse incômodo. Com o lifting de braços e coxas, a pele será esticada e reposicionada para remodelar a região.

Lifting de rosto

As pessoas que perderam muito peso também podem apresentar flacidez no rosto. A cirurgia de lifting facial ameniza sinais de envelhecimento, tanto na face quanto no pescoço, melhora o aspecto das olheiras, reduz a papada e promove a correção de linhas de expressão próximas ao nariz. O lifting facial devolve o tônus da face, rejuvenescendo o rosto.

Gluteoplastia

Assim como todo o corpo, o bumbum também pode ficar flácido e as mulheres, principalmente, se sentem muito incomodadas com isso. A gluteoplastia corrige imperfeições por meio da inserção de próteses de silicone, dando firmeza e reposicionando os tecidos da região.

O que fazer antes da cirurgia?

Antes de qualquer procedimento cirúrgico, é necessário realizar alguns exames pré-operatórios que avaliam a condição de saúde do paciente. O cirurgião também poderá indicar a pausa ou o uso de alguns medicamentos antes da cirurgia. É necessário parar de fumar por pelo menos 30 dias antes da intervenção. Converse com seu médico e fique atento às orientações dadas por ele.

Como é o pós-operatório da cirurgia pós-bariátrica?

Como falamos anteriormente, existem diversos procedimentos cirúrgicos que podem ser feitos após a cirurgia bariátrica, no entanto, o cirurgião é o profissional capaz de orientar o paciente e indicar os procedimentos mais adequados a cada tipo de situação. No geral, após qualquer tipo de procedimento cirúrgico, é comum perceber hematomas e marcas vermelhas ou arroxeadas, inchaço, dores e incomodo. É recomendado fazer repouso por pelo menos 15 dias, usar sutiã ou cinta compressora em caso de cirurgia de mamas ou lipoaspiração, evitar ingestão de álcool e suspender o tabaco. Cada cirurgia demanda um cuidado diferente. Verifique as instruções dadas pelo seu cirurgião para amenizar os sintomas no pós-cirúrgico.

A Dra. Beatriz Medina realiza cirurgia plástica no Rio de Janeiro e pode lhe auxiliar respondendo suas dúvidas sobre a cirurgia pós-bariátrica, além de oferecer diversos procedimentos em seus consultórios na Barra da Tijuca e em Niterói. Marque já sua consulta.

Deixe um comentário!

0 Comentários

Comente