Notícias
mulher realiza peeling no rosto

Como é processo do peeling?

O que é peeling?

O peeling consiste em um tratamento em que há a remoção das camadas mais superficiais da pele com o uso de produtos químicos, físicos ou laser. No procedimento são destruídas partes da epiderme, seguidas por uma esfoliação e remoção de lesões superficiais, que possibilitam a formação de um novo tecido. Consequentemente, a pele se renova, contribuindo para a estimulação da produção de colágeno – substância responsável pela firmeza da pele.

Para quem é indicado o peeling?

O peeling é indicado para tratamentos de rejuvenescimento, manchas na pele, cicatrizes de acne, flacidez, entre outros problemas de pele. O resultado varia de acordo com a profundidade e o tipo de peeling a ser feito.

Quais os tipos de peeling?

Existem três variações do tratamento estético:

Peeling superficial: melhora o tônus e a textura da pele, além de rugas finas e manchas.

Peeling médio: atenua as manchas e casquinhas causadas pelo Sol.

Peeling profundo: apresenta melhores resultados em rugas superficiais e profundas, além das manchas e aparência geral da pele, devolvendo o viço.

Quais os cuidados após o peeling?

Os cuidados após o procedimento variam de acordo com o tipo de peeling realizado. É importante seguir as orientações do seu dermatologista ou cirurgião plástico. No geral, como a pele fica sensível, é importante usar filtro solar na região e reaplicar o produto a cada duas horas. O uso de produtos com vitamina C também é permitido. Em peelings superficiais, a pele se regenera em torno de 5 dias. Já os mais profundos podem levar cerca de 30 a 45 dias para a recuperação total.

A Dra. Beatriz Medina realiza cirurgia plástica no Rio de Janeiro e também está capacitada para fazer o peeling. Com consultórios em Niterói e na Barra da Tijuca, atende a casos estéticos e não invasivos.

Deixe um comentário!

0 Comentários

Comente